Entrega de brinquedos às crianças de Vianópolis

O Governo de Goiás e a Prefeitura de Vianópolis iniciaram, na manhã desta quarta-feira, 05, a entrega de brinquedos do Programa Show de Natal, da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG).

Em Vianópolis, a entrega aconteceu na parte da manhã no Largo da Estação Ferroviária de Vianópolis.

Em Caraíba e Ponte Funda, a entrega de brinquedos foi feita na tarde de hoje, enquanto que em Adelinópolis a entrega de brinquedos será feita amanhã, a partir das 9h, na Escola Ângelo de Paula Albernaz.

Estão sendo entregues brinquedos para crianças de até 12 anos.

Não serão entregues brinquedos para adultos desacompanhados de crianças.

8 comentários em “Entrega de brinquedos às crianças de Vianópolis

  • 5 de dezembro de 2018 em 22:13
    Permalink

    Reintero que achei péssima a escolha do dia e horário.
    Horário de aulas e pais trabalhando e muito distante do Natal.
    Teria mais sentido e seria mais inteligente a entrega em um sábado à tarde. No dia 22/12, por exemplo.

    Resposta
    • 6 de dezembro de 2018 em 14:35
      Permalink

      Converse com o Governo do Estado de Goiás. A eles cabe essa definição. A nós cabe receber os brinquedos no dia e hora que eles marcam , com o coração muito agradecido e entregarmos às nossas crianças com carinho, justiça amor como temos feito nos últimos seis anos.

      Nadiane

      Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 07:23
    Permalink

    concordo plenamente.Eu por exemplo devido ao trabalho não pude ir.

    Resposta
    • 6 de dezembro de 2018 em 14:38
      Permalink

      A gente acha muito ruim, mas de novo reitero que dia e hora não deprnde de nós.

      Se a mãe de 1 ou 2 filhos tem dificuldade para se organizar e levá-los (e a gente sabe que é porque trabalham, imagine nós, com 1700 … e determinação do Programa para obedecer??? É quase impossível.

      Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 20:36
    Permalink

    Quem sabe se te agradaria se fosse no dia de Natal mesmo entregue em sua porta ou seja no porta da casa de cada criança? O que você acha da ideia? Vá procurar o que fazer ao invés de ficar dando pitaco no que não é organizado pela administração e se caso não tivesse a entrega a culpa era de quem? Era do município também? Leve suas lamentações para os organizadores do Estado quem sabe assim copiam e apoiam a sua ideia!

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 22:59
    Permalink

    Quem tem que conversar com o governo do estado são vocês.
    Vocês são nossos representantes, e assim como eles gastam nosso dinheiro.
    Repassem a eles então e parem de abaixar a cabeça de engolir goela abaixo.
    Quem trabalha tem compromisso e responsabilidade e não cargo político.
    Pensem nisso e conversem com o governo do estado. Sejam nossos representantes.

    Resposta
  • 7 de dezembro de 2018 em 07:46
    Permalink

    Quem está procurando um culpado ou responsável são vocês não Eu.
    Apenas disse que achei péssimo o dia e horário.
    A nossa secretaria, acho que seria mais apropriado, apenas esclarecer que a escolha foi do governo do estado. Só isso.
    Pois nas matérias vinculadas, dava a entender que a escolha era do município.
    A intenção não era agredir ninguém, muito menos criticar a ação que acontece todos os anos e há muitos anos, diga-se de passagem.

    Resposta
  • 8 de dezembro de 2018 em 09:53
    Permalink

    A quem interessar possa,

    Gente!!! Cadê o espírito do Natal???

    Só de ver isso, o bom velhinho deve ter ficado com vergonha e falado com seus botões. Nossa eu não sabia que meus presentes iriam levar junto tanta discórdia!!!
    E olha que nem foram os pequeninos que reclamaram!!! Foram os adultos.

    Como somos pecadores!!!

    Não botem a culpa no Papai Noel, nem nas renas que puxam o trenó pelo amor de Deus, senão convenhamos a vergonha vai ser maior!!!

    Bom Natal à todos!!!

    Ah!!! E não se esqueçam.
    No noite de Natal, lembrem de abrir a porta de casa e do coração para o aniversariante do dia ENTRAR!!!

    HO!!! HO!!! HO!!! Feliz Natal!!!

    Atenciosamente,

    NELSON RORIZ

    Resposta

Deixe uma resposta para Vianopolino Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *