Por fazer parte da cadeia alimentar, Governo de Goiás não proíbe realização de Leilões de Gado

O Presidente da Agrodefesa, José Essado Neto, anunciou ontem, 30, que os leilões de gado continuarão sendo realizados em Goiás, uma vez que faz parte da cadeia alimentar.

Segundo a Agrodefesa, continua em vigor a portaria 281, que obriga as empresas leiloeiras a realizarem eventos com até 50 pessoas nos recintos de leilões, com mesas distantes dois metros uma das outras, uso de álcool em gel e máscaras de proteção.

Continua sendo proibido servir refeições, assim como não será permitido vender bebidas alcoólicas. No entanto, fica facultado aos prefeitos de Goiás tomar medida contrária, caso ache necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *