Professores da Rede Estadual de Ensino poderão ter 60 dias de férias por ano

Fonte: Site da Secretaria Estadual de Educação

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), encaminhou ao Conselho Estadual de Educação uma nova proposta de calendário escolar para 2020. A principal mudança está na instituição de 60 dias de férias para professores, dobrando o período de descanso que, atualmente, é de 30 dias, além de cerca de 15 dias de recesso entre dezembro e janeiro.

Na alteração, os professores teriam o mês de julho inteiro de férias, como já acontece, e ainda 20 dias de recesso em janeiro e dez dias de recesso em dezembro. Nesta proposta de calendário, em 2020, as atividades dos professores teriam início no dia 27 de janeiro, com os trabalhos coletivos de replanejamento e finalização dos planos de ação, e seriam finalizados no dia 21 de dezembro. O novo calendário prevê também um recesso intitulado “Semana Feliz”, de 12 a 16 de outubro, em comemoração ao Dia das Crianças e ao Dia do Professor.

A proposta do calendário respeita a lei que institui os 200 dias letivos por ano e seu objetivo é valorizar os professores, ao respeitar seu período de descanso e permitir que o profissional tenha mais tempo para cursos de atualização e atividades que promovam a melhoria das práticas pedagógicas. Se aprovado pelo Conselho Estadual de Educação, o novo calendário escolar da rede pública estadual começará a valer a partir do primeiro semestre de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *