Proprietário de farmácias que tiveram frascos de álcool em gel apreendidos é preso sob acusação de apresentar nota fiscal com informações ideologicamente falsas

Após receber denúncias que frascos de álcool em gel estavam sendo comercializado em duas farmácias de Vianópolis por preços abusivos, o Promotor de Justiça, Lucas César da Costa Ferreira, acionou o Departamento de Fiscalização e Arrecadação da Prefeitura que, contando com apoio de policiais militares, confirmou a venda do produto por R$ 25,00 e apreendeu diversos frascos de 420 ml. A apreensão aconteceu na manhã desta quinta-feira, 26.

Após a apreensão dos frascos, o proprietário dos estabelecimentos comerciais foi levado para a Delegacia de Polícia de Vianópolis.

O Delegado Marcus Vinicius da Costa Júnior foi quem realizou o procedimento relativo ao crime contra a economia popular. Neste caso, o comerciante responderá a um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência).

Para justificar que o preço não estava abusivo, o comerciante apresentou ao Delegado de Polícia uma nota fiscal dos frascos de álcool em gel. No entanto, segundo palavras do Delegado à nossa reportagem, a nota fiscal contém informações ideologicamente falsas.

Em razão disso, o Delegado ordenou a prisão do comerciante, que responderá também pelo artigo 1, inciso IV, da Lei de Crimes contra a Ordem Tributária (Lei n° 8137/90).

No final da tarde, o Delegado enviou a comunicação do flagrante ao Poder Judiciário.

Após manifestação do Promotor de Justiça, a Juíza Marli de Fátima Naves arbitrou fiança em valor não informando à nossa reportagem.

Até o fechamento desta edição, o pagamento da fiança na havia sido efetuado e o comerciante continuava privado de sua liberdade.

Em áudio enviado à nossa reportagem, o Promotor Lucas César da Costa Ferreira disse que a partir das denúncias de diversos moradores de Vianópolis, foi possível detectar a prática deste crime contra a economia popular. Segundo ele, um frasco de álcool em gel é vendido pela distribuidora por R$ 7,00, mas estava sendo vendido ao valor unitário de R$ 25,00.

As informações para a edição desta matéria foram fornecidas pelo Promotor de Justiça, Lucas César Costa Ferreira, pelo Delegado de Polícia, Marcus Vinicius da Costa Júnior, e pela Juíza de Vianópolis, Marli de Fátima Naves.

Nossa reportagem, mesmo não tendo citado nomes dos estabelecimentos comerciais e do acusado, abre espaço, caso queiram se pronunciar.

 

12 comentários em “Proprietário de farmácias que tiveram frascos de álcool em gel apreendidos é preso sob acusação de apresentar nota fiscal com informações ideologicamente falsas

  • 27 de março de 2020 em 08:48
    Permalink

    Comprei álcool gel a 30reais não sabiá o preço é precisava.

    Resposta
  • 27 de março de 2020 em 09:17
    Permalink

    Não entendi o que seria “informação ideologicamente falsa”…
    Seria uma nota fiscal falsa??
    Seria uma nota fiscal, com valor do produto falso??

    Resposta
  • 27 de março de 2020 em 09:36
    Permalink

    Acho que deveria haver uma fiscalização mas rigorosa , em ambas farmácias e supermercados em relação a preços abusivos ao consumidor ,nada irá adiantar punir apenas uma ou outra farmácia por vender..( ex: álcool em gel por 25$)sendo que em outras se encontram de ($26,$30 reais),o mesmo podemos ver em supermercados produtos alimentícios com valores super acima do normal.

    Resposta
  • 27 de março de 2020 em 09:46
    Permalink

    Verdade,tinha farmácias que tinham até que reservar com antecedência ,acho que se todos que compraram se manifestassem não sobrariam uma .
    Fiscalização também em supermercado,pois estão abusando .

    Resposta
  • 27 de março de 2020 em 09:54
    Permalink

    Anem gente quero meu dinheiro de volta,eu comprei em uma farmácia a $30 , não me deram nem cupom fiscal e ainda acham que estão me fazendo favor .
    Tem q ter justiça, fiscalização em cima.

    Resposta
  • 27 de março de 2020 em 10:03
    Permalink

    Senhor Promotor de justiça venho de pedir que não fiscalize só essa mas sim todas,pois todas as farmácias venderam a preço abusivos.

    Resposta
  • 27 de março de 2020 em 10:08
    Permalink

    A maioria dos comerciantes em Vianópolis faz isso diariamente com muitos outros produtos e ninguém fala nada.

    Resposta
  • 27 de março de 2020 em 12:36
    Permalink

    Questão Saude é coisa séria, deveria ter mais fiscais na vigilancia sanitária com atuação rigorosa ( desmembrada da politica ,ou seja imparcial mesmo pelo bem social e comunitário) fiscalização de posturas pela mesma forma , a gente sabe que a atuação e fraca e coibida , pune se de vez enquando se a denuncia , esses órgãos so é movidos apos denúncias serias , ou seja não á fiscalização, é uma situação humanitaria de bem estar a chamada fiscalização.,faço essa critica espero que seja construtiva pois doença e perigo e não é só corona virus não , tem que ter quadros de fiscalização especializados e atuantes para que haja coibição e prevenção e a saude, tem muita coisa passando em branco ai , Mercados com coisas vencidas açougues com moscas nos expositores , atendentes nos acougues não usam luvas ou vestes adequadas , e assim vai , tem expositores que as vezes tem mal cheiro , não estou falando demais não é so dar uma passiada nos estabelecimentos e comprovar, se prevenir e agir povo agradece e os gastos com saude publica pode ate ser bem menos … politicas a parte realidade em primeiro…

    Resposta
  • 28 de março de 2020 em 10:41
    Permalink

    Agora os outros lugares que o alcool em gel tava mais caro ta mudando os preço os valores só pq estão com mendo de ser preso, isso so dps de ter tirado muito dinheiro do povo q comprou , deviam ter olhado todos estabalecimentos… Nos mercado tava mais de 30 reais

    Resposta
  • 28 de março de 2020 em 14:16
    Permalink

    Vianopolino , quando alguem expressa a verdade incomoda né …. A se meu comentario chegasse a ser ouvido por alguém que realmente se interassa pelo bem estar publico e não ao agazalhamento politico , a coisa seria bem olhada , é uma pena, so impera a vista grossa, o passa a mão na cabeça epor ai vai né.

    ..

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *