Após 35 anos, Pezinho, interno do Lar dos Idosos, é encontrado por familiares com o auxílio do Ministério Público

Por Olívio Lemos, tendo como fonte o site de notícias do Ministério Público de Goiás e com informações da Direção do Lar dos Idosos

 

Um dos internos do Lar dos Idosos de Vianópolis reencontrou seus familiares após 35 anos, em busca realizada pelo Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos de Goiás, que é coordenado pela Área de Políticas Públicas e Direitos Humanos do Centro de Apoio Operacional do Ministério Público de Goiás.

Liomar Xavier de Sena, conhecido em nossa cidade por Pezinho, que tem deficiência mental, há 35 anos saiu da casa dos pais para um passeio, como ele costumava fazer, e nunca mais foi visto.

A família, que ainda mora em Formosa, nunca soube do seu paradeiro, apesar das inúmeras tentativas de encontrá-lo.

Dos cinco irmãos de Pezinho, dois homens e duas mulheres vivem em Formosa e a outra, mora em Brasília.

Em razão da pandemia, o reencontro aconteceu somente por meio de uma videochamada. No entanto, a família garantiu que, quando a direção do Lar dos Idosos autorizar a visita, todos irão reencontrar o irmão.

Pezinho está há 25 anos no Lar dos Idosos e, segundo Lucila Rodrigues Gomes, Diretora da entidade, familiares nunca haviam procurado por ele.

Quando chegou ao Lar dos Idosos, Pezinho disse que se chamava João José da Silva e informou apenas o nome da mãe. O nome fornecido por ele é de seu pai.

Pezinho é bem conhecido e querido em Vianópolis. Nunca criou problemas com nenhuma pessoa, pois é de um temperamento calmo e sempre está sorrindo.

Uma de suas manias, já bastante conhecida dos vianopolinos, é encontrar com as pessoas e pedir: “Dá dois reais aí”. Ele mudou o pedido após conhecer a moeda de 1 real e atualmente ele pede: “Dá um níquel amarelo aí”.

Pezinho gosta de mascar fumo, mesmo sem nunca ter fumado.

Pezinho é considerado hoje o cartão postal da entidade onde mora, pois passa a maior parte do dia no portão de entrada do Lar dos Idosos,  sempre fazendo seus pedidos.

LIOMAR XAVIER DE SENA(PEZINHO)

PLID IRMAOS

Um comentário em “Após 35 anos, Pezinho, interno do Lar dos Idosos, é encontrado por familiares com o auxílio do Ministério Público

  • 23 de maio de 2020 em 08:07
    Permalink

    Que notícia boa!
    Fiquei muito feliz ao ler está reportagem!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *