Homem invade casa na zona rural de Vianópolis e estupra esposa do primo

Por Olívio Lemos, com fotos enviadas pelo Delegado de Polícia de Vianópolis

Um homem de 35 anos de idade, natural de Pires do Rio, invadiu uma residência na Região do Rio do Peixe, município de Vianópolis, na manhã de ontem, 05, e estuprou a esposa de seu primo que, no momento, encontrava-se trabalhando fora.

Wanderson Alves de Oliveir,a usando um canivete, invadiu a casa e obrigou uma dona de casa de aproximadamente 30 anos a deitar-se ao chão e fazer sexo com ele.

Ao ser surpreendida, a mulher tentou desvencilhar-se do agressor. No entanto, Wanderson colocou um canivete no pescoço da mulher, jogou-a no chão, rasgou suas roupas e a estuprou.

Depois de conseguir seu intento, ao ouvir o barulho da chegada de um veículo do transporte escolar, que estava trazendo os filhos da mulher, o estuprador evadiu-se do local, tendo corrido para uma mata próxima.

Tão logo chegou à sua residência, o esposo da mulher foi informado do ocorrido e se deslocou juntamente com ela para Vianópolis, tendo registrado a ocorrência na Delegacia de Polícia.

Após contar o que ocorreu ao Delegado Marcus Vinicius da Costa Júnior, a dona de casa foi levada para Anápolis para realização de exames no IML-Instituto Médico Legal.

Tão logo registrou a ocorrência, o Delegado e um agente da Polícia Civil se deslocaram até a fazenda onde ocorreu o estupro e conseguiu prender Wanderson Alves de Oliveira.

O Delegado informou à nossa reportagem que Wanderson até pouco tempo atrás cumpria pena por roubo na Unidade Prisional de Trindade e, atualmente, estava em regime aberto.

Há alguns dias, ele veio para a nossa região, ficar na casa do primo e trabalhar, segundo relato de Wanderson ao Delegado.

Após ser autuado por estrupo, Wanderson Alves de Oliveira foi levado para a Unidade Prisional de Vianópolis, estando à disposição do Poder Judiciário.

 

thumbnail (7)

Um comentário em “Homem invade casa na zona rural de Vianópolis e estupra esposa do primo

  • 6 de setembro de 2019 em 16:43
    Permalink

    Nestas circunstâncias, seria interessante que houvesse uma intervenção cirúrgica, onde
    seriam desativadas algumas vontades de alguns seres, vontades essas que não deveriam
    ser praticadas por seres humanos.
    abraços.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *