Projeto anunciado pelo Presidente Bolsonaro pode acabar com o município de São Miguel do Passa Quatro

Nesta terça-feira, 05, foi apresentado ao Congresso Nacional, pelo Presidente Jair Bolsonaro, pacote de reformas na área econômica, que inclui reforma administrativa do Estado, com a proposta de extinção de municípios com menos de 5 mil habitantes e com arrecadação própria menor de 10% da receita total das localidades.

A proposta, se levada adiante, pode resultar na extinção do vizinho município de São Miguel do Passa Quatro, hoje, segunda estimativa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), com 4.057 habitantes.

Pela proposta, o município de São Miguel do Passa Quatro seria incorporado a outro município vizinho.

Segundo levantamentos do Governo Federal, 1.254 municípios brasileiros podem ser incorporados por vizinhos, o que significaria a extinção de 22,5% dos municípios do país, que tem 5.570.

11 comentários em “Projeto anunciado pelo Presidente Bolsonaro pode acabar com o município de São Miguel do Passa Quatro

  • 5 de novembro de 2019 em 22:35
    Permalink

    Menos 11.286 vereadores e menos 1254 prefeitos. Fora secretários, assessores, aluguéis.
    Nossa despesa com “autoridades”, vai diminuir bastante.

    Resposta
    • 6 de novembro de 2019 em 08:10
      Permalink

      Parabéns pela matemática!
      10.000 habitantes seria o ideal!
      Ps.: tem bairros em grandes cidades que possuem o triplo de habitantes!

      Resposta
    • 6 de novembro de 2019 em 08:21
      Permalink

      Concordo com vc….

      Resposta
  • 6 de novembro de 2019 em 08:20
    Permalink

    Iria ser uma economia para o governo…Espero q de certo.

    Resposta
  • 6 de novembro de 2019 em 08:54
    Permalink

    Se isto acontecer, Vianópolis estará de braços aberto para a incorporação.

    Resposta
  • 6 de novembro de 2019 em 12:51
    Permalink

    São recursos que deixarão de ser repassados pelo governo federal, recurso este que não será repassado ao município sede, aqui no caso Silvânia GO, sem contar o desconforto da população passaquatrense em se deslocar à sede. Mais população desassistida.
    Se fosse pensar em reduzir gastos, a medida deveria começar pela capital federal, lá sim, a começar por alguns gastos sem controle, a redução seria de incomensurável.
    Abraços

    Resposta
  • 6 de novembro de 2019 em 17:08
    Permalink

    Excelente!!! Acredito que aquele município que se sustenta, que continue a existir. Ja os que dão prejuízos, que acabem. Esse Dejanir vive no mundo da lua, pensa que dinheiro da em árvore.

    Resposta
  • 6 de novembro de 2019 em 19:48
    Permalink

    Tem que diminuir o número de deputados federais para apenas 300 deputados. ……? Estaduais. …e……vereadores. …principalmente o salário tem que diminuir.

    Resposta
  • 6 de novembro de 2019 em 20:03
    Permalink

    Votação em segundo turno em São Miguel do Passa Quatro, Bolsonaro ganhou com 57,11%. Se houver algo contra, agora é protestar contra, pois estão tendo o que escolherão.

    Resposta
  • 7 de novembro de 2019 em 20:38
    Permalink

    A minha árvore foi plantada junto à ribeira, e que produz seus frutos (aposentadoria justa), diferente de outras que foram afogadas por laranjais ou plantadas em condomínios que só produzem ódio e morte e ainda em áreas que qualquer um põe fogo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *