Mãe envia carta ao Correspondente Vianopolino com um apelo aos motoristas transportadores de tijolos: SEJAM MAIS PRUDENTES! Muitos os esperam com um lindo sorriso

Como se sabe, Vianópolis já perdeu muitos jovens em acidentes envolvendo caminhões transportadores de tijolos.

Para muitos, a rodovia que dá acesso a Brasília, para onde vão a maioria das cargas de tijolos, é perigosa e propícia para acidentes com caminhões carregados.

Já para outros, com um pouco mais de prudência, muitos dos acidentes poderiam ter sido evitados.

Na tarde deste sábado, 18/06, ao chegar a redação do Correspondente Vianopolino, encontrei uma carta deixada por alguém.

Após ler, tomei conhecimento que se tratava de uma carta enviada à nossa reportagem por uma mãe, pedindo divulgação.

Ela, sem revelar o nome, diz ser mãe de um motorista de caminhão, sem especificar se é transportador de tijolos.

Na carta, a mãe se dirige a todos os motoristas de caminhão, principalmente os que transportam tijolos.

Ela faz um alerta inicial de que a prudência, o temor por acidente e saber entender que a máquina pode falhar, devem ser levados em consideração.

Diz ainda que os motoristas que gostam dos caminhões que fazem barulho no escapamento, das rodas bonitas e das altas velocidades alcançadas por eles, vivem não um sonho, mas algo que não os leva à nada.

O bom motorista é que aquele que alia responsabilidade ao cuidado com a máquina, sabendo respeitar limites tanto seu, quanto do caminhão.

A mãe diz que quando um motorista pega a estrada, deixa alguém(mãe, avó, esposa, namorada, filhos e outros) pensando nele, esperando por ele, rezando e torcendo para que a viagem seja feita em paz e com retorno garantido.

Na carta, a mãe não diz que este ou aquele acidente foi por imprudência.

No entanto, faz um apelo para que, mesmo que seja prudente, exagerem nos cuidados ao volante.

E faz alguns pedidos.

Ao acelerar exageradamente, pense em quem você deixou lhe esperando!

Ao tentar uma ultrapassagem proibida, pense no beijo que ganhou daquela pessoa que te ama!

Ao buscar uma velocidade fora do normal, pense no abraço que receberá ao chegar em casa!

Ao pensar em andar mais rápido e até dar outra viagem, pense no descanso ao lado da mamãe, do papai, da esposa, dos filhos e dos amigos que sempre torcem para que você esteja bem.

No final da carta, a mãe escreve esta frase: Motorista: Vá com calma e volte feliz. Alguém lhe espera com um lindo sorriso.

QUE ESTÁ CARTA SEJA RECEBIDA PELOS MOTORISTAS COMO UMA OPORTUNIDADE PARA REFLEXÃO.

16 comentários em “Mãe envia carta ao Correspondente Vianopolino com um apelo aos motoristas transportadores de tijolos: SEJAM MAIS PRUDENTES! Muitos os esperam com um lindo sorriso

  • 19 de junho de 2022 em 8:01 AM
    Permalink

    Meu irmão e caminhoneiro peço a Deus todos os dias proteção a ele e todos os outros caminhoneiros! Que só quem convive com um ,sabe que e amor!eles amam a estrada amam todo o universo que envolvem o mundo dos caminhoneiros!! Mas peço vão com calma! vão atenciosos o caminhão e uma máquina e pode falhar!!tenham sabedoria e paciência ao volante!! pois estamos esperando vcs de volta!!um abraço a todos os caminhoneiros!em especial ao meu irmão Alex pereira que transporta tijolos!!

    Resposta
  • 19 de junho de 2022 em 8:15 AM
    Permalink

    Essa mãe tem toda razão para se manifestar, eu viajo constantemente na GO-010 Goiânia e Brasília e tenho notado que os tijoleiros correm muito, não sei porque, penso que talvez seja o desejo de conseguir dar duas viagens ou mais para seus destinos e isto ocasiona os sinistros que tem acontecido, acredito que estes motoristas na ansiedade de ganhar um pouquinho a mais no seu orçamento tem pressa na entrega dos tijolos, não quero e nem tenho audácia de condená-los, mas um pouco de prudência ajudaria em muito na diminuição de acidentes. Que Deus abençoe estes motoristas que contribuem para o progresso de Vianópolis.

    Resposta
    • 19 de junho de 2022 em 11:03 AM
      Permalink

      Antes de tudo em que a mãe mencionou de lembrar da família q o espera, a imprudência não deixa -o chegar a lugar nenhum nem na entrega de sua carga e nem a volta pra família e sim para um lugar sem volta. Pense nisto.

      Resposta
    • 19 de junho de 2022 em 11:03 AM
      Permalink

      Os donos de cerâmicas oferecem ao motorista o vlr a mais pra dá duas ou mais viagens em uma só nota fiscal….isso já tive a oportunidade de ver e ouvir relatos….isso se chama sonegar impostos……Mas o todas cerâmicas de Vianópolis e Silvânia fazem isso
      …uma nota pra mais viagem

      Resposta
  • 19 de junho de 2022 em 9:26 AM
    Permalink

    Essa mãe tocou em um ponto importante sobre cuidados.
    Muitas vezes quando estou na rodovia para Luziania, vejo caminhoneiros brincando com manobras perigosas na rodovia (quando são de empresas diferentes disputam espaço e preferência, chegando a ficar lado a lado,até q apareça outro veículo)prefiro encostar e deixar q tomem distância. Acredito q algo tbm possa ser feito pelos donos de cerâmica, do caminhão ou da carga, no sentido de coibir essas atrocidades. Afinal tbm se tornam responsáveis pelas vidas q trafegam e transporta a carga.
    O trânsito bom e seguro é responsabilidade de todos.

    Resposta
    • 19 de junho de 2022 em 9:59 AM
      Permalink

      Puxei tijolo por muinto tempo,corremos por conta da preçao que os donos de cermicas colocam em nos,o pior de tudo e que não temos um pingo de valor para os donos de cermicas ,pra quem não sabe ganhamos 1.200 reais por mês mais 40 reais por viajem se nos quisermos ganhar algum dinheiro a mais temos que descarregar…nao ganhamos almoço da empresa nem nenhum tipo de benfeitoria,por isso sai desse serviço.

      Resposta
      • 19 de junho de 2022 em 8:29 PM
        Permalink

        Belíssima carta de apelo.que sirva de reflexão pra todos os motoristas,até mesmo prós de veículos pequenos.

        Resposta
    • 19 de junho de 2022 em 12:51 PM
      Permalink

      Quer ser escravo do trabalho entre em uma cerâmica tanto motorista como quem trabalha interno não tem valor nenhum infelizmente é a única coisa que muitos sabe fazer mais essa mãe falou tudo trabalhar é uma coisa ser escravo do trabalho é outra!

      Resposta
  • 19 de junho de 2022 em 12:34 PM
    Permalink

    Sou mae perdi um filho numa desas coreria ai. Nos maes pedimos encarecidamente para que os motoristas ceramistas e todos revejam iso ai pois dinheiro nem um traz nosos filhos. Nosos parentes. Nosos amigos de volta

    Resposta
  • 19 de junho de 2022 em 2:00 PM
    Permalink

    Mãe sabe das coisas,que Deus proteja todos nessas estradas, não é fácil essa vida nem para que vão e nem para os familiares que ficam com coração apertado todos os dias.

    Resposta
  • 19 de junho de 2022 em 6:33 PM
    Permalink

    Que o senhor em sua infinita misericórdia acalente o coração dessa, e de tantas mães que perderam seus filhos dessa forma cruel. E que os trabalhadores saiam e volte para casa diariamente sob proteção divina.

    Resposta
  • 19 de junho de 2022 em 6:52 PM
    Permalink

    Se não mudar o jeito de dirigir infelizmente vai acontecer vários,correm muito disputam corridas e são imprudentes .
    Tomem cuidado a vida e só uma e sempre tem alguém q te espera!!!
    Fiquem com Deus!!!

    Resposta
  • 19 de junho de 2022 em 7:06 PM
    Permalink

    Não e facil trabalha sobre pressões e exigências e ganhar pouco

    Resposta
  • 19 de junho de 2022 em 7:08 PM
    Permalink

    Ai se trabalha doente porque se falta arrisca mandar embora

    Resposta
  • 19 de junho de 2022 em 7:09 PM
    Permalink

    E os dono de cerâmica pode ter milhões de reais mais para eles se der so uma viagem as vezes e prejuízo

    Resposta
  • 20 de junho de 2022 em 6:25 AM
    Permalink

    Ola sou Jéssica casada com um vianopolino morei 5 anos em vps e durante esse tempo e até após nos mudarmos para Luziânia nos sustentamos através do tijolo…
    (Lembrando que as palavras da mãe não se desmerecem quero apenas demonstrar que infelizmente não depende so deles)
    Infelizmente muitos olham como imprudência, eu que dependi desse serviço como sustento familiar estive por várias vezes aflita…
    Mais não pela imprudência sim pela vida que os mesmos levam ,quantos vianopolinos crescem e tem sua vida entregues a cerâmicas um salário indigno muitas das vezes sem horário faça chuva ou faça sol…
    Quantas vezes o arrocho para dar retorno ,e se eles disseren não o serviço que iria mudar a vida de sua família, não compensa…
    E tbm quantos acidentes onde os caminhoneiro relatam problemas no caminhão e seus patrões mesmo assim decidem que da para fazer a viagem e o concerto fica para depois,como no último acidente .
    Sem levar em conta que a GO 010 é uma das que mais mata no Brasil aliás não so acidente de caminhão.
    No trecho no qual aconteceu o ultimo acidente de caminhão foi 3 conhecidos,de carro de passeio mais de 140…
    A rodovia é perigosa,cheia de curvas e sem acostamento não devemos exigir mais fiscalização e sim uma solução…
    Eu mesma ja sofri acidente em um carro de passeio nela…
    É ano de eleição e mandato entra mandato sai e não temos solução…
    Tirando fora os tijoleiros mais levando em conta toda a categoria de caminhoneiros no geral é uma classe desvalorizada e muitas das vezes explorada não tendo seus direito revalidados e uma pista segura para poder carregar o Brasil nas costas…
    Grata
    E lembrando que estamos esperando com um sorriso
    E patrões pensem como seres humanos não apenas como empresários que apenas pretendem lucrar

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.