Homem que praticou assalto em Vianópolis é preso pela Polícia Civil após tatuagem ser reconhecida por vítimas

Por Olívio Lemos, com foto enviada pelo Delegado de Polícia Marcus Vinicius da Costa Júnior

O autor de um assalto ocorrido no ano passado, em um estabelecimento que comercializa lanches no Bairro Delfino, foi preso pela Polícia Civil de Vianópolis na data de ontem, 08, no Bairro São Vicente.

Uma tatuagem existente no homem de 20 anos de idade ajudou os policiais civis a desvendarem o assalto e prendê-lo.

Na ocasião, o homem, que estava em uma bicicleta e com uma blusa tampando o rosto, assaltou o estabelecimento comercial no período noturno, quando quatro pessoas estavam lanchando.

O ladrão chegou, jogou a bicicleta no chão e, armado, anunciou o assalto. Ele roubou celulares de dois clientes e dinheiro do comerciante. Ao sair, o homem deixou cair um boné de marca.

Após ouvir as pessoas que estavam no estabelecimento comercial e mostrar fotos de meliantes com passagens pela polícia, o Delegado Marcus Vinicius da Costa Júnior conseguiu identificar o ladrão. E uma tatuagem no corpo do acusado de ter praticado o assalto foi determinante para que vítimas o reconhecessem, segundo contou o Delegado Vianopolino à nossa reportagem.

Foi preso Brendon Wllis Pereira Monteiro, que estava residindo há alguns meses no Bairro São Vicente.

De acordo com Delegado de Vianópolis, o investigado Brendon Wllis é reincidente na prática de roubo qualificado, pois é condenado na cidade de Novo Gama (GO).

Após os procedimentos legais, o investigado foi recolhido na Unidade Prisional de Vianópolis, onde ficará à disposição da Justiça.

Ainda segundo o Delegado Marcus Vinicius da Costa, Brendon Wllis tem diversas passagens pela polícia, inclusive na cidade de Luziânia.

4 comentários em “Homem que praticou assalto em Vianópolis é preso pela Polícia Civil após tatuagem ser reconhecida por vítimas

  • 9 de janeiro de 2018 em 15:10
    Permalink

    Tai, é a enxugação de gelo, policiais prendem e logo os meliantes estão na rua, hoje o cidadão de bem é que esta condenado a prisão do dia a dia, eita Brasil, aqui é o seguinte pobre ganha merreca come mal, não tem nem direito a médicos ou seja SUS SISTEMA DE SAÚDE DEFICIENTE, AI Tem um tal de direitos humanos que diz, Os presos tem direito a Medico Enfermeiro nutricionista para cuidar deles, e ainda Salario Reclusão , ou seja o camarada quer ficar só no crime pois tem vida boa….. Tem que fazer é uma limpeza Geral igual ouve nos meliantes que assaltaram a caixa cada bandido morto são menos canalhas livres para atazanar cidadãos de bem…. CHEGA DE TANTA BANDALHEIRA NÓS BRASILEIROS ESTAMOS ACOMODADOS DE MAIS …… Tenho Dito INDIGUINADOOOOOOOOOOOOOOO

    Resposta
  • 9 de janeiro de 2018 em 19:47
    Permalink

    Concordo! Estamos precisando de mais segurança, estamos a mercê do bandidos. Aconteceu semana passada na minha rua o ladrão roubou as polícias o pegaram com os objetos roubados o prenderam, a tarde ele ja tava solto. Nos cidadão de bem que ficam em prisão domiciliar, com medo de ate sair na rua. E se sairmos de casa quando voltamos roubaram tudo. Absurdo! Parabéns aos polícias que atenderam Silvânia, esses são guerreiros.

    Resposta
  • 9 de janeiro de 2018 em 22:26
    Permalink

    Então é este indivíduo que dizia ser inocente e que estava pulando de muro em muro no centro da cidade, a polícia até foi, mas ele se escondeu. Bobo de quem acreditou nesse indivíduo que dizia somente estar procurando um chinelo. Essa é demais. Que apodreça na cadeia.

    Resposta
  • 10 de janeiro de 2018 em 21:07
    Permalink

    Eu fico revoltada dessas pessoas virem de fora e se alojarem no Bairro São Vicente,onde a maioria das pessoas são cidadãos de bem.Acorda pessoal,não dêem abrigo para fugitivos….

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *