Polícia Civil apreende equipamentos de suspeitos de guardar e compartilhar imagens de pedofilia

Por Olívio Lemos, com informações de Vitor Santana do G1/Goiás

Dez homens, entre 25 e 55 anos de idade, foram presos nesta quarta-feira, 14, suspeitos de guardar e compartilhar materiais pornográficos envolvendo crianças e adolescentes em diversas cidades de Goiás. A Polícia Civil efetuou também a apreensão de celulares, computadores e pendrives, inclusive em Vianópolis.

Mensagens de um grupo em que um dos presos estava mostram algumas pessoas debochando de uma operação contra pedofilia.

Todos vão responder pelos crimes de posse e compartilhamento de material pornográfico infanto-juvenil.

Entre os presos estão um professor de futebol e um pai, que escondia o material pornográfico em um pendrive que ficava dentro do porta-luvas do carro.

Segundo a Polícia Civil, foram quatro meses de investigação e mais de 300 mil arquivos analisados.

A operação efetuou prisões e apreendeu equipamentos em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Catalão, Campos Verdes, Senador Canedo, Goianira, Bom Jesus de Goiás e Vianópolis.

Os nomes dos presos, assim como os nomes dos proprietários dos equipamentos apreendidos, não foram fornecidos pela Polícia Civil.

Estamos tentando levantar mais informações junto ao Delegado responsável pela Operação “MEU ZELOSO GUARDADOR II”, a fim de atualizar esta notícia.

A operação foi realizada pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos.

 

3 comentários em “Polícia Civil apreende equipamentos de suspeitos de guardar e compartilhar imagens de pedofilia

  • 15 de agosto de 2019 em 05:09
    Permalink

    Muito triste este comportamento. Pedofilia é uma grave doença espiritual que deve ser tratada convenientemente. Não se cura simplesmente com a repressão. Ajuda livrando a sociedade dessa maldade horrível mas o pedófilo continua pedófilo, pronto pra outras oportunidades. É um mal tão grave que nem os outros presos aceitam.

    Resposta
  • 15 de agosto de 2019 em 07:45
    Permalink

    Tem uns seis aqui em Vianópolis que tinha de ser pressos

    Resposta
  • 15 de agosto de 2019 em 09:37
    Permalink

    Isso é sério!!Caso alguém tenha conhecimento de alguém ou suspeita faça a denuncia,existe o conselho tutelar que recebe as denuncias e também pode ligar ao disque 100, vc não será identificado,apenas estará contribuindo com a justiça.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *