Processo de transformação da Escola Americano do Brasil em Colégio Militar está parado – Correspondente Vianopolino

Processo de transformação da Escola Americano do Brasil em Colégio Militar está parado

O processo de transformação da Escola Estadual Americano do Brasil em colégio militar está totalmente parado.

Uma fonte confiável consultada por nossa reportagem informou que o Comando de Ensino da Polícia Militar do Estado de Goiás não trabalha, no momento, para a implantação de um colégio militar em nossa cidade. Inclusive, o militar que foi escolhido para dirigir o Colégio Militar de Vianópolis já está trabalhando em outra cidade em uma unidade de ensino da PM.

A luta pela criação de um colégio militar em nossa cidade começou no final de 2015, quando, contando com o apoio de autoridades dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, a AGF-Associação Geração Futuro entregou ofício ao então governador Marconi Perillo pleiteando uma unidade de ensino da Polícia Militar para Vianópolis.

Em abril de 2016, a lei foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado de Goiás e sancionada posteriormente.

Depois da aprovação da lei, foi realizada uma consulta à comunidade escolar e escolhido o local de funcionamento do futuro colégio militar. Na oportunidade, foi escolhida a Escola Estadual Americano do Brasil para ser transformada em uma unidade de ensino da PM.

Posteriormente, a então Escola Americano do Brasil teve sua denominação mudada, inclusive no site da Secretaria Estadual de Educação, para Colégio Americano do Brasil da Polícia Militar.

Hoje, no site da Seduce, já voltou ao nome anterior, Colégio Estadual Americano do Brasil. É a confirmação de que o processo de instalação de um colégio militar em Vianópolis parou e, agora, com o processo eleitoral, dificilmente será implantado tão cedo.

thumbnail (26)

2 comentários em “Processo de transformação da Escola Americano do Brasil em Colégio Militar está parado

  • 9 de agosto de 2018 em 22:22
    Permalink

    E algumas pessoas achando q deveria era correr atrás de festa . Por isso nossa cidade está o caos q está. Só n vê quem n que.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *