Disputa na Justiça entre Detran e Empresa Samperes obriga vianopolinos a irem a Pires do Rio ou Anápolis para realizar Vistoria Veicular

No começo deste ano, o Departamento Estadual de Trânsito encerrou o contrato com a concessionária Samperes que detinha o monopólio de vistoria de veículos em Goiás desde 2015.

Posteriormente, foram habilitadas 50 empresas para prestar o mesmo serviço à população.

Inconformada com a decisão, a Samperes entrou na justiça e o caso se arrasta há muito tempo.

Na última quarta-feira, 15/06, a empresa conseguiu uma liminar que obriga o Detran a permitir que a Samperes volte a prestar serviços em todo o estado.

A decisão foi proferida pela 5ª Vara de Fazenda Pública.

Mesmo tendo anunciado que iria credenciar outras empresas, até o momento em Vianópolis, nenhuma delas está em funcionamento.

Desta maneira, as pessoas de Vianópolis para realizar uma vistoria estão tendo que se deslocar para Pires do Rio ou Anápolis.

Com isso, os serviços ficam onerosos e muitos estão reclamando.

No entanto, a culpa não é da Ciretran de nossa cidade.

Na data de ontem, fomos informados que a Samperes pode voltar a atuar em Vianópolis nos próximos dias, devido a liminar conseguida recentemente.

Por enquanto, é só uma previsão.

E quem precisa realizar uma vistoria em uma motocicleta ou outro veículo precisa se deslocar até Pires do Rio ou Anápolis.

2 comentários em “Disputa na Justiça entre Detran e Empresa Samperes obriga vianopolinos a irem a Pires do Rio ou Anápolis para realizar Vistoria Veicular

  • 21 de junho de 2022 em 11:31 AM
    Permalink

    É o chamado progresso de marchare, Platão de polícia final de semana Pires Do Rio ,documentos de carros e motos ,Pires Do Rio , e assim vai …. Vianópolis sempre foi privado de muita coisa , Silvânia sempre também levava vantagens sobre as coisas deixando Vianópolis para trás, Eleições estão chegando o cabreiro tá armadinho…

    Resposta
  • 21 de junho de 2022 em 7:02 PM
    Permalink

    Mais uma vez os “Coronéis” (Grandes empresários) mexendo seus pauzinhos para ter o MONOPÓLIO do negócio, não somente em Vianópolis, mas em todo estado de Goiás, cadê o livre comércio?
    O cidadão tem que ter o direito de escolha.

    Outro exemplo disso são os Correios e a Petrobrás.

    Literalmente atrasam a vida do trabalhador, tento que se deslocar para Pires do Rio para fazer a vistoria que aqui não gastaria R$15,00 de gasolina e 1 hora de prazo.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.